Prostatite: Causa, sintomas, pevenção e tratamento da doença

Início » Saúde » Prostatite: Causa, sintomas, pevenção e tratamento da doença
Um dos principais elementos do sistema reprodutor masculino, a próstata é uma glândula cuja função essencial é a de produzir a maior parte do líquido
IMAGEM: Internet
  Prostatite: Causa, sintomas, pevenção e tratamento da doença

Prostatite

         Prostatite: Sintomas e tratamento

             Um dos principais elementos do sistema reprodutor masculino, a próstata é uma glândula cuja função essencial é a de produzir a maior parte do líquido da ejaculação. Ela se encontra ao redor do início da uretra e abaixo da bexiga; portanto, enfermidades que acometam a próstata não raramente causam problemas relacionados também a esses órgãos.

            Assim, como sugere o termo, a prostatite refere-se a patologias da próstata – não apenas a uma patologia, mas a várias que têm relação com um processo inflamatório na glândula. Assim, “prostatite” pode dizer respeito a:

            - prostatite aguda;

            - síndrome da dor pélvica, a prostatite crônica não bacteriana;

            - prostatite crônica não bacteriana inflamatória;

            - prostatite bacteriana crônica;

            - prostatite inflamatória assintomática.

            A prostatite aguda é normalmente ocasionada por bactéria (costumam ser as mesmas bactérias responsáveis pela infecção urinária). A prostatite crônica bacteriana, por sua vez, é geralmente consequência de uma prostatite aguda mal tratada; seu quadro clínico costuma ter intensidade bem menor se comparado ao da prostatite aguda. Já a síndrome da dor pélvica crônica é diagnosticada quando o paciente tem o incômodo pélvico e outros sintomas, mas já foram excluídas causas como infecção bacteriana e tumores. Os sintomas comuns à maioria delas são febre, dor ou dificuldade no momento de urinar, dor na região pélvica.

 Prostatite: como identificar

            Ao perceber os sintomas citados acima, o paciente deve procurar atendimento médico para que se identifique a doença. O diagnóstico da prostatite requer uma análise geral do quadro clínico por parte do médico e do toque retal (em caso de prostatite, a próstata se apresenta inflamada e o toque causa dor). Geralmente, é feito também um hemograma, uma urocultura para identificar o agente causador da infecção e um exame simples de urina, que provavelmente apresentará pus e algum sangramento.

Prostatite: como tratar a doença

            O tratamento da prostatite depende de seu tipo e do agente que a está causando. Quando se trata de prostatite aguda, causada por bactéria, são administrados antibióticos adequados por 14 dias. Caso o paciente necessite de tratamento endovenoso ou esteja incapacitado de urinar, deve ser também hospitalizado.

            Em se tratando de prostatite bacteriana crônica, os antibióticos devem ser administrados por mais tempo; o paciente os toma durante 3 a 12 semanas. Se os sintomas retornarem após o tratamento, pode-se fazer um tratamento ainda mais duradouro com doses reduzidas de antibiótico ou mesmo cirurgia.

            A prostatite não bacteriana costuma ser tratada, a princípio, com antibióticos: alguns pacientes respondem a eles por seu efeito anti-inflamatório. Quando não responde, pode haver prescrição de medicamentos como bloqueadores de alfa-andrenérgicos e relaxantes musculares.

Prevenção

Simples hábitos de higiene podem ser fundamentais para a prevenção de um quadro de Prostatite. Utilizar preservativos e limitar o número de parceiro sexuais também podem reduzir os riscos da inflamação da próstata. Uma dieta balanceada, a prática de exercícios físicos e a visita regular ao médico para o monitoramento do corpo também são ótimas praticas de prevenção da Prostatite.

Os principais sintomas da Prostatite

            Em suma, para prevenir a prostatite, fique atento aos seguintes sintomas:

 . Jato de urina menos intenso;

. Vontade constante de urinar;

. Dificuldade em interromper a urina;

. Urinar a partir de gotas ou jatos respectivos;

. Dores testiculares;

. Dor ou incômodo pélvico.

             Esteja em alerta com relação à sua saúde. Caso perceba os sintomas, procure um médico imediatamente.

Essa postagem o ajudou? Sim Não
Postagens relacionadas
Saúde
Vitiligo: Sintomas e como identificar e tratar

Temos o vitiligo como uma doença de pele que causa a perda de forma gradativa da pigmentação da mesma. Normalmente o surgimento das manchas em todo o corpo

Saúde
Discinesia tardia, como identificar e como tratar a doença!

A doença de Discinesia tardia nada mais é do que movimentos involuntários, como por exemplo fazer caretas ou mesmo trejeitos ou piscar seguidamente.

Saúde
Tipo de bactéria presente na vagina pode interferir na possibilidade de infecção pelo HIV

Ela também se mostrou eficaz na prevenção a outras doenças sexualmente transmissíveis.

Publicidade
Últimas
Px Pro
Saúde Dicas - 2015