Cancro mole: Como identificar e tratar

Início » Saúde » Cancro mole: Como identificar e tratar
O Cancro mole é uma DST manifestada através de feridas múltiplas, estas que são contagiosas, múltiplas e avermelhadas, com uma base mole e cheia de pus
IMAGEM: Internet
Cancro mole: Como identificar e tratar

Cancro mole

O Cancro mole é uma DST manifestada através de feridas múltiplas, estas que são contagiosas, múltiplas e avermelhadas, com uma base mole e cheia de pus e é acompanhada de dor e desconforto. Saiba mais sobre o cancro mole em seguida.

Entre outras particularidades, o cancro mole é transmitido através de uma bactéria, esta chamada de Haemophilus ducreyi esta que tem uma infecção através do ato sexual. A bactéria afeta com uma maior frequência os órgãos genitais masculinos e femininos, em contrapartida o cancro mole pode afetar outras regiões.

O infectado pelo cancro mole, pode ter a doença espalhada e que aumenta de forma progressiva de tamanho e profundidade, no período de infecção se manter uma vida sexualmente ativa, ela ocorre facilmente.

 

Cancro mole: Sintomas e tratamento

A pessoa que passa pela infecção de cancro mole apresenta alguns sintomas característicos e conhecidos, estes que precisam ser analisados com uma boa atenção. Em um primeiro momento surgem feridas avermelhadas e dolorosas nas genitais, dores de cabeça, febre e fraqueza.

Assim que o caso evolui, em algumas situações surgem ínguas, na região da virilha, dificuldades de movimentar as pernas, entre outros sintomas. 

Cancro mole: Como identificar e tratar

O diagnóstico da doença é feito através de uma consulta médica, bem como de exames laboratoriais clínicos e epidemiológicos. Depois de sua confirmação de infecção pela bactéria o paciente precisa procurar um melhor tratamento indicado para os especialistas da área e interromper as suas relações sexuais.

A vida sexual do paciente deverá ser descontinuada pelo infectado durante o período de trato para evitar a contaminação do parceiro e outras pessoas que se mantém a atividade sexual.

A partir deste diagnóstico o médico irá recomendar a melhor alternativa de tratamento conforme o seu caso.

Cancro mole: Como tratar a doença

Os tratamentos do cancro mole devem ser realizados a partir do diagnóstico de um especialista renomado no assunto, isto assim que for percebida qualquer alteração e o aparecimento de feridas na região das genitais.

Deve ser considerado um dever do paciente comunicar o médico de sal confiança para o combate e o controle da doença. Para o caso de confirmação de infecção pelo cancro mole, a utilização de antibióticos é recomendada para evitar a sua evolução, bem como tratar e levar a sua cura.

Nos períodos de tratamento deve ficar determinada a abstinência sexual dos infectados e de seu parceiro, como uma forma de evitar o contágio em outras pessoas, e para um melhor resultado contra a bactéria do cancro mole.

Para o tratamento do cancro mole recomenda-se a ingestão de antibióticos, segundo a orientação médica. O esquema terapêutico pode ser uma das seguintes opções:

  • Azitromicina (1 g dose única) Via Oral (comprimido);
  • Ceftriaxona (1 g dose única) Intra Muscular (injeção);
  • Tianfenicol (5 g dose única) Via Oral (comprimido);
  • Ciprofloxacina por 3 dias;
  • Tetraciclina por 15 dias;
  • Sulfametoxazol e trimetropim ?por 10 dias;
  • Eritromicina por 7 dias.

A prevenção do cancro mole pode ser feita através do uso de preservativo em todas as relações.

Principais sintomas do "Cancro mole".

Para que se possa evitar o contágio da bactéria do cancro mole é fundamental a utilização de camisinha, além disto deverá ser realizada uma higienização da genitália de forma bastante adequada antes e depois de sua relação sexual.

Cuidados simples como estes previnem uma infecção desta e de outras doenças sexualmente transmissíveis de forma direta e indireta. O governo distribui gratuitamente camisinhas para toda a população.

Caso apareçam os sintomas já citados anteriormente, é interessante que você trate a doença buscando a ajuda de um profissional.

Essa postagem o ajudou? Sim Não
Postagens relacionadas
Saúde
Cisto de ovário, causas, sintomas e formas de tratamento!

Os cistos de ovário nada mais são do que bolsas repletas de líquidos que se formam sobre ou na parte de dentro de seu ovário.

Saúde
 Condromalácia patelar: seis dicas para acabar com as dores no joelho

Mulheres são as mais atingidas pela condição que pode causar dores constantes ou crises agudas.

Saúde
Como identificar e tratar a Apendicite de forma correta!

A apendicite é uma doença traiçoeira, uma vez que, se não tratada a tempo e de modo adequado, pode levar à morte.

Publicidade
Últimas
Px Pro
Saúde Dicas - 2015