Disartria, causas, sintomas e formas de tratamento!

Início » Saúde » Disartria, causas, sintomas e formas de tratamento!
Esta é uma doença definida como a dificuldade de utilizar os músculos da fala, ou a fraqueza dos mesmos.
IMAGEM: Internet
Disartria, causas, sintomas e formas de tratamento!

Disartria

Esta é uma doença definida como a dificuldade de utilizar os músculos da fala, ou a fraqueza dos mesmos. Apesar da disartria parecer ser um problema de linguagem, é um problema realmente motor. Este problema pode ser causado a partir de danos do tronco cerebral, ou ainda a fibras nervosas que se ligam as camadas externas cerebrais, o córtex cerebral para o tronco cerebral.

Pacientes com esta condição produzem sons que se aproxima do real som das palavras e em uma ordem correta. Em contrapartida sua fala poderá ser irregular, e imprecisa, com tonalidades monótonas ou de vibração, dependendo dos locais onde ocorreu o dano do seu cérebro. Isto ocorre pelo fato da capacidade de compreender e utilizar a linguagem não ser afetada, a maior parte das pessoas que possuem disartria escrevem e leem normalmente.

Disartria: Sintomas e tratamento

Temos os sintomas da disartria que podem variar bastante, tudo depende, é claro, da causa subjacente e o local que a doença afetar.

Um fonoaudiólogo poderá avaliar a gravidade da doença, analisando como você fala e avalia como você move seus lábios e a sua língua, além de músculos faciais.

Entre os sintomas mais comuns podemos citar a fala arrastada, a incapacidade de falar mais alto do que um sussurro, a voz rouca e anasalada, voz com volume irregular, dificuldade em movimentar a língua ou músculos faciais, babar, ente uma série de outras situações.

Disartria: Como identificar e tratar.

Uma particularidade desta doença é que a disartria poderá ser um sinal de uma doença grave que vem ocorrendo paralelamente. Por isso, na dúvida, procure marcar uma consulta médica, caso você experimente mudanças súbitas ou inexplicáveis de sua capacidade de falar de forma clara.

O melhor tratamento será indicado pelo profissional clínico geral, ou um fonoaudiólogo e neurologista. Médicos que a partir de suas especializações irão analisar o diagnóstico do paciente e indicar o melhor tipo de tratamento.

Disartria: Como tratar a doença

Os tratamentos realizados de Diusartria dependem bastante das causas, do tipo e gravidade da doença. Entre as alternativas de tratamento, podemos citar as terapias para exercitar a linguagem, os medicamentos para o tratamento das condições que possam causar a disartria, bem como a cirurgia para a retirada de um tumor ou mesmo uma correção de alguma alteração anatômica do organismo.

O objetivo do tratamento deverá incluir retardar ou acelerar a velocidade da fala, fortalecer os músculos, melhorar a produção de sons da fala, de forma que ela possa ficar mais clara, ensinar aos familiares e professores melhores estratégias para se comunicar com o paciente.

Em situações mais graves, ensinar formas alternativas de comunicação com os pacientes.

Principais sintomas da Disartria.

Entre os principais sintomas da Disartria que podem ocorrer podemos citar situações de voz rouca, voz anasalada, voz com volume irregular, fala monótona, dificuldade para mover a língua ou músculos da face, entre uma série de outros problemas.

A melhor alternativa é que se o paciente tiver dificuldades para falar, ou sentir sensação de peso na fala ao conversar com as pessoas, busque a ajuda de um médico para diagnosticar este problema.

Essa postagem o ajudou? Sim Não
Postagens relacionadas
Saúde
Difteria, causas, sintomas e formas de tratamento!

Temos a difteria como uma infecção gerada por uma bactéria chamada de Corynebacterium diphtheriae, esta é uma bactéria transmitida de pessoa para pessoa.

Saúde
Acondroplasia: Sintomas e tratamento - Saiba mais sobre a doença

A suspeita da doença poderá ser sempre visualizada a partir da presença de baixas estaturas, já ao nascimento do bebê, bem como a presença de encurtamentos

Saúde
Dores abdominais, como tratar a doença e quais são os sintomas!

Entre outras particularidades a dor abdominal varia de intensidade e poderá ser recorrente ou contínua, aguda ou de forma crônica.

Publicidade
Últimas
Px Pro
Saúde Dicas - 2015