Fimose: Sintomas e formas de tratamento da doença

Início » Saúde » Fimose: Sintomas e formas de tratamento da doença
Todos os meninos acabam nascendo com uma pele que é chamada de preopúcio, esta que é grudada na cabeça do pênis, temos a glande. Isso é uma situação comum.
IMAGEM: Internet
Fimose: Sintomas e formas de tratamento da doença

Fimose

Todos os meninos acabam nascendo com uma pele que é chamada de preopúcio, esta que é grudada na cabeça do pênis, temos a glande. Isso é uma situação comum e não traz os problemas para o bebê, desde que não se interrompa o fluxo da urina e acabem causando infecções.

Durante os primeiros anos de vida, o prepúcio deverá começar a abrir, em alguns casos isto não acontece, e assim ocorre a fimose, o que nada mais é do que a impossibilidade de expor a glande porque um pequeno anel estreita a passagem do canal.

A fimose não é passada de pai para filho, conforme especialistas no assunto, o que acontece em vários casos é que um esforço inadequado e a má higiene poderá gerar assaduras, estas que infeccionam a região deixando a abertura da região do prepúcio bem mais estreita.

Fimose: Sintomas e tratamento

Entre os principais sintomas existentes que podem indicar uma cirurgia de fimose são a incapacidade de expor a glande durante o ato sexual ou durante a masturbação. Bem como a formação de uma espécie de balão na ponta do pênis durante a micção, o que é correspondente ao prepúcio dilatado através da urina.

Esta obstrução costuma aumentar a incidência de infecções no local, como por exemplo as chamadas uretrites e balanites.

Em situações de fimose é possível que ocorram ereções dolorosas, sangramentos frequentes, bem coo a ocorrência da parafimose, o que é uma situação de emergência médica.

Saiba que a cirurgia para a correção de fimose é chamada de postectomia ou circuncisão, o que é algo relativamente simples, geralmente ocorre sob anestesia local. A cirurgia tem como o início uma demarcação do excesso de pele que recobre a cabeça do pênis.

Após estes procedimentos, são realizadas suturas com fios que são absorvíveis, e que caem naturalmente depois de 30 dias, e o curativo local. Depois deste procedimento, o paciente poderá retornar as atividades profissionais no dia seguinte.

Fimose: Como identificar e tratar

Caso ocorram qualquer uma das situações pontais citados anteriormente, é necessário a identificação e o tratamento do problema.

Uma vez que a doença for constatada, o tratamento realizado é exclusivamente cirúrgico, e não deverá ser postergado. Este procedimento consiste na retirada da pele do prepúcio, geralmente a recuperação pós-operatória ocorre de forma rápida e não costuma haver complicações importantes posteriores.

Fimose: Como tratar a doença

Não há um tratamento medicamentoso que possa ser realizado com esta situação clínica. O que ocorre que é assim que constatada a doença, e quanto mais cedo possível, melhor, é importante fazer cirurgia.

Principais sintomas da " Fimose".

A melhor forma de prevenir a doença é ensinar para os pais a melhor forma possível de realizar a higiene perineal, sem fazer as massagens e exercícios. Reconhecendo assim e tratando de forma adequada as dermatites amoniacais, ou seja, as assaduras e as postites.

Em algumas situações raras, é possível que o paciente conte com situações de microtraumatismos com dores, inflamações locais e até mesmo sangramentos e cicatrização que poderão levar a um estreitamento de abertura do prepúcio.

Essa postagem o ajudou? Sim Não
Postagens relacionadas
Saúde
Cravos na pele, como tratar e eliminar o problema

É importante saber como realizar um tratamento eficaz para deixar a pele livre dos cravos.

Saúde
Colesterol, saiba como tratar a doença e quais são os sintomas!

O colesterol alto é um problema de saúde detectável através de um exame de sangue e que pode trazer sérias consequências.

Saúde
Como identificar os sintomas da gravidez

Existem diversos sintomas de gravidez que podem acontecer antes do atraso de sua menstruação.

Publicidade
Últimas
Px Pro
Saúde Dicas - 2015