Pneumonia: Sintomas, tratamentos e prevenção!

Início » Saúde » Pneumonia: Sintomas, tratamentos e prevenção!
A Pneumonia é provocada pela penetração de qualquer tipo de agente infeccioso ou irritante nos alvéolos do pulmão, onde ocorre a troca gasosa.
IMAGEM: Internet
Pneumonia: Sintomas, tratamentos e prevenção!

Quais os principais sintomas e tratamento da Pneumonia?

Temos a pneumonia como uma espécie de infecção que pode se instalar nos pulmões, este que é um órgão duplo e fica localizado nas partes laterais da caixa torácica.

Esta doença pode atuar na região dos alvéolos pulmonares, onde desembocam todas as ramificações terminais dos brônquios, e muitas vezes os interstícios, o que é o espaço existente entre um alvéolo e o outro.

A doença é provocada pela penetração de qualquer tipo de agente infeccioso ou irritante nos alvéolos do pulmão, onde ocorre a troca gasosa. Este é um local que deve estar sempre bem limpo e livre de substâncias que impeçam o contato do sangue com o ar.

Muitos vírus de gripe podem desencadear a doença, e esta é altamente infectante, transmitindo-se facilmente.

Pneumonia: Sintomas e tratamento

Entre os sintomas existentes da pneumonia podemos citar uma série de situações, como por exemplo a febre alta, a tosse, as dores no tórax, alterações de pressão arterial, confusão mental, faltas de ar, secreção de muco purulento amarelo ou esverdeado, bem como sensação de cansaço e fraqueza.

Pneumonia: Como identificar e tratar

Para identificar a pneumonia, é realizado um exame clínico dos pulmões e radiografias de tórax.

Os tratamentos mais indicados para este tipo de problema requerem a utilização de antibióticos e a melhora do quadro ocorre entre três ou quatro dias. Muitas vezes uma internação hospitalar para a pneumonia poderá se fazer necessária quando a pessoa for idosa, tiver febre alta ou apresentar alterações de ordem clínica da própria doença.

Pneumonia: Como tratar a doença

Entre os medicamentos mais utilizados para o trato da doença podemos citar a acetilcisteína, o astro, Avalox, azitromicina, bisolvon, ceclor, cefalotina, citrofloxacino, eritromicina, fluimucil, entre uma série de outros medicamentos.

Apenas um médico poderá dizer qual é o medicamento considerado mais indicado para a sua situação, bem como toda a dosagem correta e a duração deste tratamento. Procure seguir sempre à risca as orientações dos médicos e nunca se automedique.

Procure também não interromper a utilização de medicamentos de forma alguma sem consultar anteriormente o seu médico, e se consumir o medicamento em mais de uma vez, ou quantidades muito maiores do que a prescrita, você poderá ter problemas sérios, por isso na dúvida, siga a orientação do médico ou as instruções da bula.

Principais sintomas da Pneumonia

Entre os principais sintomas da pneumonia podemos citar situações eventuais de febre alta durante à noite, tosse, e tosse severa também durante á noite. Dores no tórax não são muito comuns mas podem ocorrer, além de alterações de pressão arterial tanto para mais como para mesmo.

É possível que ocorra mal estar generalizado, bem como confusão mental, além de secreção do muco purulento de cores amarelada ou mesmo esverdeada.

Toxemia, o que são danos provocados por toxinas carregadas no sangue, que podem gerar manchas roxas pelo corpo ou apenas pelo rosto, além de fraqueza.

Para prevenir o problema, o mais interessante é lavar as mãos com frequência principalmente após assoar o nariz, ir ao banheiro e trocar fraldas de bebês.

Lave sempre as mãos antes de comer ou preparar alimentos.

Essa postagem o ajudou? Sim Não
Postagens relacionadas
Saúde
Dor no tornozelo, causas, sintomas e formas de tratamento!

As causas a dor no tornozelo são diversas, e podem se dar por uma torção, como uma lesão de ligamentos que conectam os ossos entre si, etc...

Saúde
Dor de Cabeça: sintomas e como tratar!

A dor de cabeça é um mal que acomete uma grande parcela da população, sendo possível doer os dois lados da cabeça ou um lado só.

Saúde
Cãibras musculares - causas, tratamento e prevenção!

As cãibras musculares embora doloridas, não costumam deixar sequelas e, com as medidas adequadas, é possível diminuir a dor.

Publicidade
Últimas
Px Pro
Saúde Dicas - 2015