Sopro no coração: causa, sintomas e tratamento da doença

Início » Saúde » Sopro no coração: causa, sintomas e tratamento da doença
O que se conhece como sopro no coração é um “barulho” que pode ser ouvido quando se ausculta um paciente que tenha essa questão.
IMAGEM: mdsaude
Sopro no coração: causa, sintomas e tratamento da doença

Sopro no Coração

            Sopro no coração: sintomas e tratamento

             O que se conhece como sopro no coração é um “barulho” que pode ser ouvido quando se ausculta um paciente que tenha essa questão; um ruído semelhante ao de alguém soprando em seu ouvido. Mas o sopro no coração nem sempre significa que há um problema com o paciente.

            Quase metade dos bebês e crianças apresentam sopro quando auscultados, mas têm corações saudáveis. Esse constitui o chamado caso de sopro normal. Já o sopro anormal é o que demonstra a presença de algum problema na passagem do sangue pelas válvulas, e é mais comum em adultos que tenham algum problema no coração, como a endocardite e a febre reumática.

            Saiba mais a respeito do sopro no coração e suas possíveis consequências

 

Sopro no coração: como identificar

            Um indivíduo cujo sopro é normal não terá sintoma ou queixa alguma. Já um paciente que note sintomas como dor no peito, falta de ar, tonturas e desmaios frequentes precisa imediatamente procurar atendimento médico. Durante o exame clínico, o profissional de saúde fará perguntas e auscultará o coração do paciente; notando o sopro, o médico prestará atenção à sua intensidade e o associará aos outros sintomas para fazer o diagnóstico. Além disso, poderá requisitar um exame como o ecocardiograma e o eletrocardiograma, que permitem que sejam vistos mais detalhes acerca da doença.

 Sopro no coração: como tratar a doença

             Sopros no coração normais, logicamente, não requerem tratamento, e mesmo alguns casos de sopro anormais não precisam ser tratados. Quando há necessidade de tratamento, o médico pode receitar medicamentos com funções como ajudar a diminuir o colesterol, controlar a pressão arterial, evitar a formação de coágulos, diminuir a frequência cardíaca ou levar o coração a bater mais vigorosamente.

            De acordo com a gravidade do problema, pode ser necessário recorrer ao cateterismo (insere-se um cateter para corrigir alguma disfunção) ou mesmo à cirurgia, que reparará o que causa o sopro.

 Os principais sintomas do Sopro no Coração

            Pacientes que tenham sopro anormal e prejudicial à sua saúde costumam apresentar os seguintes sintomas:

- Tonturas;

- Dores no peito;

- Extremidades do corpo azuladas;

- Falta de ar;

- Desmaios;

- Inchaço do fígado;

-  Transpiração anormal (o indivíduo transpira mesmo durante atividades leves e simples);

- Ganho de peso ou perda do apetite;

- Tosse contínua;

- Em crianças, o crescimento pode ser prejudicado.

             A causa do sopro no coração é desconhecida, e é fato que, na maioria das vezes, o problema é congênito ou decorre de doença anterior; no entanto, há uma relação entre fatores de risco (exemplos: histórico de doenças cardíacas na família, hipertensão ou algum problema cardíaco anterior) e a ocorrência do sopro. Assim, a fim de evitar problemas no coração, é recomendável cuidar bem dele com um estilo de vida saudável, que inclua atividades físicas, alimentação equilibrada e o mínimo de estresse possível. Evite também fumar e abusar do álcool, fatores que contribuem para o desenvolvimento de inúmeras doenças. Dessa forma, você colabora para que o seu coração continue batendo firme e forte!        

Essa postagem o ajudou? Sim Não
Postagens relacionadas
Saúde
Asma grave, como identificar a doença e como tratá-la!

Temos a asma grave como a forma mais agressiva desta doença inflamatória e crônica das vias aéreas.

Saúde
Bicho de pé (Túngiase): Sintomas e tratamento!

A Tungíase nada mais é do que uma infecção de pele que é causada pela espécie fêmea do parasita Tunga penetrans, este que é conhecido como bicho de pé.

Saúde
Arritmia cardíaca, causas, sintomas e formas de tratamento!

A arritmia nada mais é do que um distúrbio de batimento ou ritmo cardíaco, como um batimento muito rápido, muito lento, ou que ocorra de forma irregular.

Publicidade
Últimas
Px Pro
Saúde Dicas - 2015